25 de mai de 2009

Rostos Escondidos



Recebi uma mensagem de reflexão de um amigo, mandado pelo Meu Orkut. Quando abri a tela, ví uma mensagem muito bonita. Quando eu vi, descobri claramente duas imagens: Uma eh de uma caveira na parte superior direita de um "Túmulo" que sobe com a mensagem. A outra eh quando essa parte do Túmulo desce, fica uma cabeça de uma armadura, tipo Medieval, no canto direito inferior, com um formato de uma luz encandecente. Olhem lá e vejam se não percebem. Ainda tem mais mensagens subliminares quando o Túmulo desce. vejam o original em http://www.meuorkut.com.br/mensagens/reflexao001.htm

Subliminar no msn


MSN
vale a pena (58)86 opiniões 0 favoritos 27662 acessos

Quando o contato do MSN está Ausente/Horário de Almoço e Volto logo, o "Bonequinho" do MSN fica com um símbolo de relógio, o relógio está marcando exatamente 3:00 horas, porque 3:00 horas? Se ampliar a imagem, vemos que aparece uma Cruz de cabeça para baixo dentro do relógio

Banda Pimentas do Reino assina contrato com a MK Music

A banda Pimentas do Reino está de volta, agora oficialmente e pela primeira vez com gravadora. O fundador do grupo, o cantor e compositor Henrique Cerqueira, esteve na sede do Grupo MK de Comunicação na segunda-feira (18) representando os outros integrantes, e assinou contrato com a MK Music. Ele garante que o público pode esperar algo inovador.

A banda, que já teve várias formações, conta hoje com Henrique Cerqueira no vocal e violão, seu irmão Marcos no back, guitarra e bateria, e Mariana Camargo no back e contrabaixo. Os três integrantes são membros da 2a Igreja Presbiteriana Independente de Maringá, no Paraná. Aliás, a banda começou como um grupo de louvor. "Quando apareceu a oportunidade de gravar, achamos interessante fazer algo com uma temática diferente, e percebemos que essa questão do romantismo não era muito explorada", explica Henrique.

O compositor define o Pimentas do Reino como uma manifestação da criatividade de Deus, algo adolescente, moderno, contemporâneo, sentimetal e dramático. Todos esses ingredientes vão contribuir para um trabalho diferente no cenário gospel. "Crescemos ouvindo Oficina G3, Aline Barros, somos parte disso, dessa cena evangélica musical e cultural. Temos o objetivo de expandir, alcançar irmãos em Cristo e também pessoas de outras religiões, falando sempre do amor de Deus, mas de uma forma diferente", afirma.

Henrique Cerqueira é conhecido por suas músicas românticas, como 'Pensando em Você', sucesso regravado pela cantora Cláudia Leitte. E mais composições do autor têm chegado aos ouvidos do público através do CD Amo Você Vol. 15, que acaba de ser lançado pela MK Music: 'Don Juan' (Wilian Nascimento), 'Não fuja de mim' (Kleber Lucas) e 'Crime' (Pamela). O cantor confessa que as mais de 100 músicas que já compôs fazem parte do mover de Deus e do processo de amadurecimento de sua vida emocional.

Henrique vê na Bíblia inspiração para suas composições. "Tem algo que me chama muita atenção em Deus. A história do mundo começa com uma história de amor entre Adão e Eva e termina com o casamento do noivo, Cristo, com a noiva, a igreja. Várias vezes, durante a Bíblia, Deus usa a relação homem e mulher. Deus é apaixonado. Em Apocalipse 2 ele fala à igreja algo espiritual quando diz: "Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor" (Ap. 2.4), mas é também uma linguagem romântica. É um Deus apaixonado pela noiva", compartilha.

Pela primeira vez em uma gravadora, a banda Pimentas do Reino pretende colocar em prática todo o romantismo e amor a Deus, além de músicas evangelísticas, e surpreender o público. Henrique compara a nova fase a pular de paraquedas. "Deus já me mostrou o Seu poder de formas incríveis, mas, a partir daqui não sei mais, é tudo novo. Não existe fórmula, é desafiador e, com certeza, o melhor momento da minha vida", afirma ele, pronto para encarar o desafio.

Nani azevedo - hinos inesqueciveis


01 Ao Caminho da Cruz
02 A mensagem da cruz
03 A face adorada de Jesus
04 A ovelha perdida
05 De valor em valor
06 Alvo mais que a neve
07 Há um canto novo
08 A alma abatida
09 Consagrado ao Senhor
10 Guia-me sempre, meu Senhor
11 Ao passar o jordão
12 Calvário, revelação de amor
13 Jesus o bom amigo

Download: Nani azevedo - hinos inesqueciveis

Amo você 15


1. Don Juan - Wilian Nascimento
2. Deus confirmou - Aline Barros
3. Imagine - Cristina Mel
4. Que bom você chegou - Bruna Karla
5. Dia do Casamento- Wilian Nascimento e Betânia Lima
6. Agora é pra casar - Banda Giom
7. Um coraçõ marcado assim - Fernana Brum
8. Canção do amor - Eyshila
9. Raro Brilhante - Marina de Oliveira
10. Não fuja de mim - Kleber Lucas
11. Mínimos detalhes - Voices
12. Feliz Aniversário - Rayssa e Ravel
13. Crime - Pamela
14. Dentro do meu olhar - Emerson Pinheiro
15. Amar é dividir - Quatro por um
16. Vale a pena sonhar - Jozyanne

Download: Amo você 15

13 de mai de 2009

Rose Nascimento - Projeto de Deus


01 A Vitória É Pra Quem Crê
02 Duas Vezes Mais
03 Resgata-me
04 Projeto de Deus
05 Cai Por Terra
06 Abençoado
07 Deixa Deus te Acender
08 Chega
09 O Rei Que Mudou a História
10 Esse Deus é Assim
11 Tente Outra Vez
12 Em Nome de Jesus
13 Sinta a Glória de Deus

Download: Rose Nascimento - Projeto de Deus

7 de mai de 2009


A dança não é uma apresentação, é uma ministração. Esse é o conceito que precisamos ter para podermos louvar ao Senhor com a dança.

MINISTÉRIO DE DANÇA
Hoje, o Espírito Santo de Deus tem despertado a Igreja a uma entrega total ao senhorio de Jesus e tem feito brotar um desejo mais profundo de experimentar o próprio Deus. São multidões em busca da salvação e os crentes sendo restaurados, vivendo uma nova vida em Cristo. Um dos instrumentos deste avivamento é exatamente o louvor e a adoração; e assim como a música e o canto, a dança vem expressar a sede do coração do ser humano por mais de Deus.
Do mesmo modo, o coração de Deus nos é revelado em canções e gestos que nos envolvem com Seu amor, cada vez que nos colocamos diante d'Ele em adoração.
“Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade”. João 4:24

Trazendo à Igreja o entendimento da "restauração do tabernáculo caído de Davi" (At. 15); com unção de vitória e livramento, como Miriã, com restituição e restauração; como Davi; dançando por causa do grande milagre, como o homem curado por Pedro e João, ao entrar no Templo; rejeitando a sensualidade de Herodia (que dançou pela cabeça de João Batista) e a dureza de Mical, que censurou a dança de Davi.
Dançamos como a virgem que se alegra, por que o Senhor tem transformado nossa tristeza em regozijo. Lembramos que a Igreja nasceu em Jerusalém, não em Roma. Desromanizamos, assim, o nosso entendimento, e profetizamos que onde está o Espírito de Deus, aí há liberdade.
Quando Davi trouxe a Arca do Concerto de volta, ele vinha dançando à Sua frente. Davi é um "tipo" do Messias. Como um noivo que se alegra em se encontrar com a noiva, assim a Igreja se prepara para o encontro com o seu noivo.

A dançarina (o) do Senhor é:
Santa (o), pura(o) e transparente para o Senhor;
Suas vestes são santas;
Adornada;
Perfumada (com óleo de unção);
Revestida com as armas espirituais, e com todas sabe guerrear;
Firme e convicta (o) do seu chamado;
Sabe dançar, seja pelo Espírito, ou preparada por dançarinos.

A DANÇA É UMA LINGUAGEM UNIVERSAL
A dança é uma linguagem universal, pois torna possível contar uma história com o início, meio e fim, e através dos movimentos dançados mais as pantomimas, que são peculiares a esta forma de expressão, vencemos as barreiras da língua e falamos com as emoções.

Os movimentos falam. Um gesto pode ferir mais do que uma palavra, daí a preocupação com essa forma de linguagem. Preciso saber se o que estou querendo transmitir e comunicar será bem compreendido através dos movimentos executados. Não devo falar por falar, dançar por dançar e sim pensar, refletir para então me fazer entender e o mesmo deve acontecer com a montagem coreográfica, ou a dança propriamente dita.

Muitos hoje em dia, profissionais da dança optam pela execução de movimentos sem que necessariamente fale algo, mas, para mim, nada é mais belo que ir ao Teatro, sentar e me emocionar com uma história contada através das músicas clássicas e dos movimentos e expressões que fazem calar a nossa alma, é sem dúvida um pedacinho do céu. Arte é vida e está intimamente ligada ao Artista Maior.

O corpo é uma preciosidade física com qual experimentamos a vida. A dança completa essa experiência porque é a arte do movimento. Sem dúvida somos um espírito que por um período de tempo passamos pela terra morando num corpo mas que vivemos ansiando o paraíso eterno!

Nascer, morrer, renascer pelo sangue de Jesus, e morrer para viver com o Eterno a eternidade plena é o anseio dos que buscam a intimidade com Deus pela amizade com o Espírito Santo para assim revestidos pelo sangue do Cordeiro, puros de coração e limpos de mãos, possam ver a face de Deus e contemplar a sua glória. Esse é o objetivo de cada cristão.

Dica para o mês de maio


Ola pessoal, esse mes e o mes das maes, entao nada como uma coreografia dedicada ao dia das maes.
Sugiro dançar a música "MAE" do grupo Voices, do CD Mae eu te amo.com (Confira a capa ao lado)
Veja a letra da música:

Mae (Voices)

Hoje eu acordei com uma vontade enorme de dizer
O quanto você é importante pra mim, mãe
Nunca alguém me olhou assim com tanta emoção
Quando ouço a sua voz escuto a mesma canção
Que você cantava quando eu chorava sem querer dormir
E com lágrimas você orava por mim
Palavras de amor, palavras de paz
São momentos que eu não esquecerei jamais

Mãe eu preciso te falar de amor
Eu preciso te falar da minha gratidão
Receba essa canção, mãezinha
Quero dedicar esse momento ao Senhor
E bendito aquele dia em que eu nasci de você
Louvado seja Deus porque você é minha mãe

Quero te beijar, quero te abraçar, mamãe
Abra os braços e sorria
Quero te beijar, quero te abraçar, mamãe
Todo dia é o seu dia

5 de mai de 2009

Familia soul - Ao vivo


01 - Digno (Prelúdio)
02 - Serei contigo
03 - Usa a minha voz
04 - Eu não sou mais o mesmo
05 - Emanuel
06 - Um Servo
07 - Aceita-me
08 - Tempestade
09 - Morar com Jesus
10 - Não há nada comparado
11 - Vem me amparar
12 - Digno
13 - Quero te amar
14 - Eu tudo posso

Download: Familia soul - Ao vivo

Ministério alem do véu - Nasci pra vencer


01.. Deus Eterno
02.. Filho de Deus
03.. Do meu Interior
04.. Ele Sempre te Amou
05.. Davis
06.. Tudo que Preciso
07.. Vanessa
08.. Em meu Viver
09.. Terra Fértil
10.. Vagner
11.. Nasci pra Vencer
12.. Evangelista Julio
13.. Te Escolhi
14.. Vagner
15.. Tuas Promessas
16.. Não me Envergonho


Andrea Fontes - Deus faz e acontece


01. Se Inesperadamente
02. Lá Vem Ele
03. Remover A Pedra
04. Santo Seja O Senhor
05. Deus Faz e Acontece
06. Dar Lugar
07. Eu Me Despeço Dessa Dor
08. A Casa
09. Moedas Da Unção
10. Turma Da Fofoca
11. Jamais Esqueci De Você
12. Sei É Bem Assim
13. Eta Povo Abençoado

Downloads: Andrea Fontes - Deus faz e acontece

3 de mai de 2009

Jogos e Brincadeiras nos Tempos Bíblicos: três perguntas


1) Como era o lazer naquela época? Havia muitas opções? Era considerado algo desnecessário ou importante na cultura hebraica? E em outras culturas?

R.: Inicialmente, precisamos descrever que as Sagradas Escrituras não se ocupam do tema em apreço. Quando o salmista emprega o termo shā’a, isto é, “recrear”, “deleitar” ou “brincar” no Salmo 119.16, o faz em sentido litúrgico ou teologal. A concepção greco-romana de “lazer”, “brincar”, “esporte” ou “jogar” ou mesmo da antropologia filosófica que trata do homo ludens (homem lúdico) é basicamente inexistente dentro do ambiente judaico-cristão primitivo. Geralmente, o lúdico ou esportivo era empregado como uma metáfora das verdades espirituais. 1 Coríntios 9.24, por exemplo, é uma prova contundente do que estamos afirmando.

A labuta diária do judeu no Antigo Testamento não o permitia inclinar-se a tal divertimento ou passatempo, sendo o sábado, um dia de repouso e, as festas religiosas, uma ocasião de estímulo e adoração. Isto não quer dizer que os hebreus desconheciam brincadeiras, parlendas ou jogos. Os jogos e a busca de lazer eram basicamente ocupados pelas atividades e festas religiosas.


Engana-se quem pensa que o judeu comum era triste, cabisbaixo. Pelo contrário, era alegre, divertidíssimo. A música e a dança constituíam-se elementos culturais fortíssimos entre os hebreus do AT. No entanto, no período interbíblico alguns judeus helenistas, obedecendo a Antíoco Epífanes, introduziram em Jerusalém uma praça de esporte, ato considerado pagão pelos patrícios mais conservadores. Como é perceptível, os judeus da Antiguidade davam pouco valor aos jogos (jocus, gracejo, graça, zombar), e não se ocupavam com o lúdico (ludus, divertimento, passatempo). Considere que a palavra “brincar”, no hebraico, śāchaq, tem um sentido positivo (brincar, divertir-se) e negativo (zombar, rir com deboche, ridicularizar).


O amor aos jogos, esportes e ao lúdico era considerado um ato vulgar ou irreligioso para o hebreu. As crianças não eram proibidas de brincar e desenvolver seus jogos particulares, mas deveriam tomar todo cuidado para que as brincadeiras não fossem irreverentes, sacrílegas, ou que ofendessem a moral ou a santidade divina (Lv 24.11,16). Os hebreus costumavam evitar certos gracejos maliciosos. Mas é possível que os hebreus de família abastada desfrutassem de certos jogos, como o arco e flecha, a caça entre outros e, que as atividades, como o treinamento militar, também incluíssem nos intervalos jogos ou brincadeiras correlatas.

Já entre os outros povos do Oriente Próximo, os esportes e jogos eram mais freqüentes. Diversas iconografias atestam que o jogo de damas, de dados, o malabarismo com bolas, e até mesmo jogos de azar eram muito freqüentes entre os egípcios e os povos mesopotâmicos.



2) Quais as formas de diversões para jovens, adultos e crianças?

R.: Os jogos infantis não eram tão diferentes daqueles que as crianças ainda hoje continuam a jogar e brincar. Muitos jogos e brincadeiras infantis eram reflexos daqueles praticados pelos adultos. A rua era um espaço para a brincadeira e mimetização dos adultos.


O profeta Zacarias (8.5), referindo-se às bênçãos futuras de Israel, afirma que “as ruas se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão”. Isto indica que durante certo período o brincar nas ruas era muito perigoso em função das constantes guerras, transferindo esse espaço do brincar para dentro das casas. Mas, em dias de paz, as brincadeiras e jogos eram praticados nas ruas.


O próprio Jesus faz referência às brincadeiras infantis nas ruas e praças (Mt 11.16,17). Segundo o texto mateano, as crianças brincavam de “tocar flauta”, “danças” e, transgressoras como são do mundo dos adultos, imitavam as carpideiras que choramingavam nos velórios. Você já imaginou um grupo de crianças mimetizando essas profissionais do pranto? Com certeza era muito hilário. As crianças costumavam brincar com os animais (Jó 41.5), bolas de gude, uma forma de amarelinha, assobios, chocalhos feitos de cerâmica e pedrinhas, jogos de tabuleiro também eram muito freqüentes. Um desses jogos, conhecido como Jogo Real de Ur, data de 1800 aC. Os jogos como os mancalas (jogos de tabuleiro), muito conhecidos na África, estavam presentes no cotidiano das crianças hebréias.

A vida dos jovens e adultos também refletia a realidade e o contexto em que viviam. As festas sabáticas, os cânticos, as músicas e as danças, arco e flecha, propor enigmas e jogos de prendas eram os tipos de diversões mais comuns entre eles. Em o Novo Testamento, Mateus 27.27-31, menciona um jogo muito conhecido entre os adultos, o “Basileu”. Neste jogo, o pino de madeira que o jogador usava para movimentar-se nas linhas marcadas no chão, foi substituído pelo próprio Senhor! Ainda hoje temos registros desses jogos em Jerusalém.


3) Havia brincadeiras que não eram permitidas ao povo de Deus por serem consideradas profanas ou mesmo por terem origem em outros povos? (até um tempo atrás algumas formas de diversão eram proibidas por nossa própria denominação e até hoje são tabus com jogar bola e certos tipos de jogos em tabuleiros, assistir televisão… Naquela época também havia restrições deste tipo?)

R.: Havia sim. As brincadeiras com bonecos e bonecas não eram freqüentes ou permitidos entre os judeus. Embora muito comum entre os egípcios, canaanitas e mesopotâmicos, o hebreu procurava evitar, em função do mandamento de Êx 20.4, essas representações.


A idolatria era tão comum entre os povos antigos que, às vezes, os historiadores e arqueólogos têm dificuldade em afirmar quando se trata de um brinquedo ou um ídolo para adoração. Todo e qualquer brinquedo esculpido era proibido entre os hebreus. Brinquedos que continham em seu bojo o elemento divinatório também eram proibidos pelos judeus. Brincar de adivinhação, fazer gracejos com coisas sagradas eram terminantemente proibidos. Outro brinquedo não muito utilizável entre os hebreus dos tempos bíblicos, era o dado ou congênere. Embora os arqueólogos tenham encontrado no território judeu alguns dados, isso não significa que eles eram usados com freqüência nos jogos profanos, uma vez que possuía certo caráter sagrado.

2 de mai de 2009

Bruna Karla - Na eternidade

Na Eternidade
Bruna Karla
Composição: Eyshila
Quero me lembrar de você / Como alguém que sempre ousou sonhar / E
acreditar nos sonhos de Deus
Quero me lembrar dos verões / Quero me lembrar das canções / E das
lições que me ensinou
Se eu pudesse eu voltaria atrás / E te beijaria muito mais / Mãe,
ouviria mais os teus conselhos
Sinto tanta falta do teu cheiro / De acariciar os teus cabelos / Mas
aprouve a Deus te acolher
Minha esperança é que na eternidade eu vou te ver

Na eternidade, sem sentir saudade / Vamos adorar a Deus / Na eternidade
com os meus amados
Do jeito que eu sempre quis / Porque lá no céu / Toda hora é hora de ser
feliz

Vamos adorar a Deus / Vamos invocar seu nome