14 de jun de 2008

Sou e serei eternamente grata ao meu Senhor

Tenho diabetes há 9 anos e sempre levei uma vida tranqüila, nunca tive nada grave, até que no início de outubro do ano passado, eu estava em Águas Formosas, que é a cidade do meu namorado e comecei a sentir febre, dor no corpo, e uma dor na barriga, isso foi no sábado, tomei remédio e nada de melhorar, até que na segunda feira, fui ao hospital e lá tive que ficar a noite em observação. Só que o meu quadro piorou, entrei em coma, e tive que ser transferida com urgência pra Teófilo Otoni. Durante a viagem tive 02 paradas respiratórias, mas Deus já estava providenciando tudo. Ao chegar lá, fui direto pra UTI, eu desenvolvi um quadro denominado Acidose Metabólica, é quando o sangue fica ácido, se a pessoa não for atendida às pressas, entra em coma e morre.

A médica chamou meus pais, minha irmã e meu namorado e disse que a situação era muito difícil, que somente um milagre poderia me salvar. Mas minha mãe disse pra médica: doutora, nós cremos no Deus que servimos e sabemos que Ele está cuidando dela. E Deus foi realmente fiel para comigo. Ele mandou uma equipe pra cuidar de mim, e Ele fez um milagre em minha vida, com o passar do tempo fui reagindo, e voltando. Permaneci na UTI por quatro dias, após isso fui para a enfermaria e fiquei mais uns 03 dias em observação. Agora, tive outra crise semelhante, mas Deus foi mais uma vez fiel e realizou um milagre em minha vida. Sou e serei eternamente grata ao meu Senhor pela fidelidade em minha vida. Ele sempre cuida dos filhos seus, mesmo não merecendo ele é grandioso e fiel para conosco.

E eu posso dizer que: nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam. I Co. 2:9

Um testemunho de Pollyana Linhares Costa

0 comentários: